Trilhos Serranos

CORONA

Foi criada uma PLATAFORMA ONLINE onde os cientistas podem trocar ideias e projectos conducentes ao combate do CORONAVÍRUS.

PANDEMIA

Mercê do trabalho de investigação que tenho vindo a fazer na área das CIENCIAS SOCIAIS,  cujos resultados tenho divulgado em livros, jornais e no meu site TRILHOS SERRANOS (deixo de lado o MEU CANAL no Youtube, por agora) vem mesmo a propósito, neste tempo de «QUARENTENA»  trazer alguns “RESPIGOS DA MINHA SEARA”  com vista a fornecer aos meus amigos algo de entretenimento e ajudá-los a passar o  tempo de clausura e o isolamento que o CORONAVÍRUS impôs à generalidade de todo ser pensante e social.

PANDEMIA

Como sabeis, em dois mil e dezasseis, escrevi e publiquei, neste meu espaço online, um registo com título “A BOLA” e subtítulo “A LOUCURA”. Ali disse que “A Loucura é a Vida. É mal que não tem cura e, muito ou pouco, doente está quem não está louco”.

Neste ano de 2020, fui repescar algumas ideias desse apontamento que, a seu tempo, incorporo neste meu “MUNDO DOENTE (6)”, mais um, da série que venho publicando sobre essa outra “bolinha” que, não sendo lisa, antes pelo contrário, com ventosas manhosas, a morder toda a gente, mas mais pessoas idosos, desliza como aquela outra e “corre p’a diabo” de continente em continente, por todo o lado. Uma LOUCURA, até ver, sem cura.

CORONAVÍRUS

Históricos Impérios?

Eles são tantos

Na cronologia,

Na fita do tempo.

Longa é a lista

Não são de agora 

Os prantos

E os mistérios

Da pandemia

De domínio e de conquista,

Tal como outrora.

TÂNIA AFONSO

Acerca do Facebook eu já disse tudo, ou quase tudo, nas reflexões que deixei neste meu site com o título “O FACEBOOK É UMA LIÇÃO”. Numeradas, perdi-lhes a conta, mas é fácil encontrá-las navegando neste oceano denominado «Trilhos Serranos». É só colocar o meu nome no Google e, num instante, quem tal fizer,  está no cais de embarque.