Trilhos Serranos

 


A ESTÁTUA



O sal

Mesmo que seja

Sal-gema

Fácil é de moldar

Pelo escultor que o maneja

E, na abordagem de um tema,

Qualquer que seja,

Troca o BEM pelo MAL

 


QUEM TRAVA A BESTA?

O mundo inteiro

Civilizado

Assiste pasmado

À destruição de cidade

Após cidade.

DESTA VEZ, DA MINHA TERRA NATAL

Só mesmo as pessoas muito descuidadas não se deram conta deste meu enraizado vício em divulgar, na imprensa e neste ou no anterior site, trilhos serranos, através dos tempos, os nomes da GENTE DA TERRA, isto é, do nosso concelho, vilas e aldeias, indiferentemente do seu estatuto social e/ou profissional.

FORMAÇÃO E QUEDA DE IMPÉRIOS

 Neste anos de 2022 a Rússia, comandada por Putin resolveu pôr em prática a sua política de expansão imperial e daí rsultou a GUERRA com a UCRÂNIA. E como nestas coisas de formação e queda de impérios não há inocentes, sendo certo que quem mais sofre não são os seus mentores, mas as vítimas deles, eu, ao ver tanta destruição de habitações e os seus habitantes em fuga, adultos, crianças, cães e gatos, achei oportuno trazer a este meu site ativo um poema que escrevi e publiquei há muito nos jornais e no meu meu velho site desativado. Escrevi-o em Lourenço Marques, em 04 de novembro de 1974.

Há pegadas de vida que jamais esquecem e quando as vemos repetidas, perguntámo-nos, como é que a barbárie pode vencer a civilização?

A GUERRA

Tanto comentador

Todos eles muitos prudentes

Sim, senhor,

Imitando os presidentes.