Trilhos Serranos

Está em... Início Poesia MUNDO FEITO DE MUDANÇA
segunda, 23 março 2020 18:45

MUNDO FEITO DE MUDANÇA

Escrito por 
...NOVA QUALIDADE...

Quando estava no activo

Na minha profissão docente

Usava vocabulário decente

Pois da missão era cativo.


E se dos alunos ouvia

Algum ofensivo palavrão 

Eu imediatamente dizia

Que  também o conhecia

Mas impunha a educação

Que dizê-lo na escola não.



No recreio, não eram poucos

Ditos nas suas brincadeiras. 

A tantos fiz ouvidos moucos

Ditos eram de mil maneiras.



Se um jogo mal corria

Logo aquele que perdia

No calor da sua a luta

A mãe do outro ofendia

Chamando-lhe filho da puta.



Outro palavrão frequente

Usado por toda a gente

Diziam eles, sem atalho.

Eu cocheço, mas não digo.

Tirem o “v” ao meu apelido

E rima têm sem trabalho.



E neste momento que passa

Que proibe toda a partilha

Como vai fazer o “copy/pasta”

Se não tem outra cartilha?



O “venham mais cinco” do Zeca

Perdeu sentido por agora

A polícia manda-os embora

Suspeitos de lhe dar “a breca”.



Venham todos, um a um

Aos magotes é que não

E tudo aquilo que é comum

Deixa de andar de mão em mão.



Foi abalada a essência humana

Que a todos fez naturalmente

Macho/fêmea, homem/mulher

Só porque apareceu um sacana

A mandar como pode e quer.



Voltamos ao antigamente

De conventos  e mosteiros

Eles foram os pioneiros

Monges e “estilitas” solitários

A fugir de toda a gente

Empoleirados nos seus calvários.



Quem havia de dizer

Depois de sabermos tudo isto

Que estava por aparecer

Esse maligno anti-cristo

Que todo o mundo quer foder?



Abílio/março/2020

 

Ler 197 vezes
Abílio Pereira de Carvalho

Abílio Pereira de Carvalho nasceu a 10 de Junho de 1939 na freguesia de S. Joaninho (povoação de Cujó que se tornou freguesia independente em 1949), concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Aos 20 anos de idade embarcou para Moçambique, donde regressou em 1976. Ler mais.