Trilhos Serranos

Está em... Início Poesia NATAL
domingo, 17 dezembro 2017 11:22

NATAL

Escrito por 
NATAL


Natal!

Todos sabemos que é Natal.

Não passaram já outros Natais?


Dizem-no os cafés, as esplanadas,

As grandes lojas comerciais

E também as pequenas tendas.

Dizem-no as ruas atulhadas

De gente apressada

Com embrulhos e prendas.

Di-lo o ar que se respira

O presépio, os reis Magos

Com ouro, incenso e mirra.

Di-lo a alegria das crianças

Abrindo brinquedos e lembranças

Que de noite, em recato,

Alguém foi pôr no seu sapato.

Dizem-no adultos

Letrados e incultos

Falando com fé

No costumado beja-pé

Do Menino Salvador.

Dizem-no homens de letras

Revistas e jornais

Que sabem da paz e da guerra,

Bradando uma vez mais

"Pax in Terra"! 


Natal!

Todos sabemos que é Natal.

Não passaram já outros Natais?

Dizem-no os cafés, as esplanadas

As grandes lojas comerciais...

Abílio/LM/dezembro/1972

Ler 86 vezes
Abílio Pereira de Carvalho

Abílio Pereira de Carvalho nasceu a 10 de Junho de 1939 na freguesia de S. Joaninho (povoação de Cujó que se tornou freguesia independente em 1949), concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Aos 20 anos de idade embarcou para Moçambique, donde regressou em 1976. Ler mais.