Trilhos Serranos

Está em... Início Poesia MONHANHAS MÁGICAS
terça, 11 agosto 2015 13:44

MONHANHAS MÁGICAS

Escrito por 



Eis aqui uma cabana
Vazia, vazia, sem nada
Assim perdida na montanha.

Cabana-1

 

 

Não longe dela está a maga

Que me serve de montada

Cabana-2A divagar
Por este ambiente quase morto
Visivelmente deserto
Tão afastado do mar
Que já de gente foi coberto.


Ambos, neste nosso navegar
No barco da realidade e fantasia
Sentimos, por instantes,
Da montanha a magia:
O longe tornou-se perto,
Cada outeiro uma vaga
E cada cabana um porto
Um formigueiro de navegantes.

Abílio/agosto/2015

Ler 251 vezes
Mais nesta categoria: « ANDORINHAS 2015 AURORA »
Abílio Pereira de Carvalho

Abílio Pereira de Carvalho nasceu a 10 de Junho de 1939 na freguesia de S. Joaninho (povoação de Cujó que se tornou freguesia independente em 1949), concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Aos 20 anos de idade embarcou para Moçambique, donde regressou em 1976. Ler mais.