Trilhos Serranos

Está em... Início Poesia PINHEIRO DE SÃO JOÃO
quarta, 24 junho 2015 16:30

PINHEIRO DE SÃO JOÃO

Escrito por 


Firme, hirto e aprumado
Assim se ergue o pinheiro,
De São João
Na povoação de Fareja.

image

 

 

Vem gente de todo o lado
Ver a velha costumeira
Sem curar de saber primeiro
O que quer que seja
Sobre o seu significado.

 

 

Mas eu vos digo,
Vos digo, em verdade
Ele é o símbolo masculino
Da fertilidade
Daquele culto antigo
Devido
No Solstício de verão
Ao deus Priapo
Mais o primeiros frutos da terra.
Aqui, em Fareja,
Conquistada que foi a Ibéria
Pelos romanos,
Vem a ser os ramos
Da cereja
Presos antigamente
(Olhem as remotas origens!)
Pelas mordomas virgens 
Que na ponta do pinheiro
Prendiam, a caminho da Fareja.

Abílio/junho/2015



Ler 233 vezes
Abílio Pereira de Carvalho

Abílio Pereira de Carvalho nasceu a 10 de Junho de 1939 na freguesia de S. Joaninho (povoação de Cujó que se tornou freguesia independente em 1949), concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Aos 20 anos de idade embarcou para Moçambique, donde regressou em 1976. Ler mais.