Trilhos Serranos

Está em... Início Poesia POESIA LAMECHAS
segunda, 09 setembro 2013 09:47

POESIA LAMECHAS

Escrito por 

Poesia lamechas
É aquela que dia a dia
A todos instantes e momentos
Amarra os pensamentos
Do poeta às rugas, às brechas
Dos seus afectos e sentimentos.

Fechado no seu mundo
É como se o mundo inteiro
(Ai o que eu penso e digo,
Serei o primeiro?)
Tivesse o centro no umbigo
De quem não lê
O livro do mundo
De quem não vê 
Do mundo, por um só momento,
O sofrimento
Os amores e os desamores
Que do mundo
São a vida, são as cores.
Que são Terra e Céu 
Os outros, toda a gente
E não somente
Eu, eu, eu, eu, eu!

Abílio/setembro/2013 













 

Ler 282 vezes
Abílio Pereira de Carvalho

Abílio Pereira de Carvalho nasceu a 10 de Junho de 1939 na freguesia de S. Joaninho (povoação de Cujó que se tornou freguesia independente em 1949), concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Aos 20 anos de idade embarcou para Moçambique, donde regressou em 1976. Ler mais.