Trilhos Serranos

Está em... Início Crónicas O MEDO E O MEDRONHO
quarta, 08 abril 2020 12:12

O MEDO E O MEDRONHO

Escrito por 




Abílio Pereira de Carvalho

O MEDO, O MEDRONHO, O MEDROSO E O MERDOSO

Um amigo meu (que sei mesmo sê-lo) lendo-me e acompanhando os meus trabalhos há muitos anos, amigo de tratar as coisas com seriedade, mas também com humor, certamente para ajudar a aliviar estes tempos declausura, resolveu remeter-me um vídeo, que tem o seu quê de importantíssimo e digno de reflexão. Com humor bastante, nele vemos um artefacto arqueológico do pensar e agir que se encontra à superfície no campo da investigação social.

Este vídeo, chegado assim à minha caixa do correio, deu-me a oportunidade de associar o MEDO, o MEDRONHO, o MEDROSO e o MERDOSO do VIRUS que na opinião deste senhor se arruma de vez com AGUARDENTE...da FORTE. E, como cidadão amigo do seu semelhante, teve o cuidado de se deslocar ao CENTRO DE SAÚDE mais próximo para partilhar o saber que recebeu do seu AVÔ. 

No mundo ainda há gente BOA. E como os CIENTISTAS “andam à nora” ele finca-se na sapiência do AVÔ e dela não se arreda.

Ora vejam a versão por mim editada e respectivos CRÉDITOS.

 https://youtu.be/kepr20nYC7I











































Ler 107 vezes
Abílio Pereira de Carvalho

Abílio Pereira de Carvalho nasceu a 10 de Junho de 1939 na freguesia de S. Joaninho (povoação de Cujó que se tornou freguesia independente em 1949), concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Aos 20 anos de idade embarcou para Moçambique, donde regressou em 1976. Ler mais.