Trilhos Serranos

Está em... Início Crónicas HISTÓRIA VIVA - 4
quinta, 09 março 2017 13:41

HISTÓRIA VIVA - 4

Escrito por 

LIVRO DE REGISTO DA ENTRADA DE PRESOS  NA CADEIA DE CASTRO DAIRE

Prometi fazer uma grelha que resumisse os dados extraídos do livro da entrada dos presos na Cadeia Civil de Castro Daire, entre os anos de 1929 a 1937.

Os amigos imaginam o tempo de vida que consumi a fazer isso? Se imaginam, certamente darão algum valor à INVESTIGAÇÃO  HISTÓRICA e ao saber dela decorrente. Se não têm a mínima ideia, nem isso vos preocupa, prossigam no vosso SOSSEGO de vida, já que eu, por dever de ofício, continuarei neste meu permanente DESASSOSSEGO.

Já disse (nas crónicas 1,2,3, postas no Facebook)  que, num total de 366 presos, 297 eram homens e 69 eram mulheres. No total de homens só 118 sabiam assinar, sendo os restantes analfabetos. E do total de mulheres = 69, só 7 assinaram o auto de prisão e 62 não sabiam o que era um LETRA. Isto não dará que pensar ao mais rústico e descuidado cidadão que hoje manipula as novas tecnologias e através delas toma conhecimento do que se passa mundo? 

A grelha está feita e aqui a deixo à consideração dos ESTUDIOSOS das Ciências Sociais. Para já destaco que, nos crimes de VIOLAÇÃO, entra o do Padre António Borges de Almeida, natural de Reriz que, certamente cansado de apregoar a VIRGINDADE DE MARIA, sem entender o MISTÉRIO DA TRINDADE, resolveu assumir o papel do Espírito Santo e penetrar nas entranhas de uma VIRGEM, entrando pela porta certa, com a chave certa.  Entrou em templo proibido, ajoelhou frente ao altar errado e violou sacrário que não devia.

E vai daí, experiência feita, descoberto o mistério a mando do Diabo, satisfeita  a TENTAÇÃO DA CARNE, não houve água benta que livrasse o fogoso clérigo  de malhar com a coroa, o cabeção e a batina na CADEIA CIVIL  de Castro Daire, tal como vemos  no BOLETIM ANTROPOMÉTRICO aqui mesmo postado. Decorria o ANNO DOMINI 1936.

Padre Reriz - rEDZ

TIPO DE CRIME

PRATICADO/HOMENS PRATICADO/MULHERES
Ofensas Corporais 107 22
Transgressão 51 9
Furto 21 4
Homicídio 21 4
Violação 6 0
Falso juramento 4 1

Transgressão da lei da Caça e Pesca

3 0
Burla 3 0
Envenenamento 1 3
Fogo posto 1 2
Infanticídio 1 2
Difamação 1 1
Ler 723 vezes
Abílio Pereira de Carvalho

Abílio Pereira de Carvalho nasceu a 10 de Junho de 1939 na freguesia de S. Joaninho (povoação de Cujó que se tornou freguesia independente em 1949), concelho de Castro Daire, distrito de Viseu. Aos 20 anos de idade embarcou para Moçambique, donde regressou em 1976. Ler mais.